Fomos visitar o Pico do Jaraguá, o ponto mais alto da cidade de SP. A área é um parque estadual com muita natureza e que oferece uma bela vista da Capital. E sabe qual o melhor de tudo? A entrada é gratuita.

No Pico do Jaraguá, o visitante pode fazer trilhas (são 4 no total) ou apenas subir a estrada até o mirante. A subida direta até o mirante é ideal para quem não está a fim de encarar a trilha ou então que possui pouca mobilidade, já que você pode fazer a subida de carro em alguns horários específicos: dias úteis (das 10h às 16h) e sábados, domingos e feriados (das 12h às 16h). A estrada é toda asfaltada e tranquila.

Lá em cima tem um pequeno playground, banheiro e academia ao ar livre. Quando fui, tinha apenas um lugar vendendo coisas para comer, mas já me disseram que houve tempo em que várias lanchonetes estavam funcionando. Por via das dúvidas, leve sua garrafinha de água.

Para chegar até as antenas, você ainda vai precisar encarar um escadão, que cansa um pouco. Mas se não quiser subir, tem um mirante aos pés da escada que tem uma vista igualmente interessante.

Se quiser conhecer as trilhas, essas são as elas:

Trilha do Pai Zé – Tem 3600 metros de percurso e duração de 2h30. Por sua dificuldade, é indicada para maiores de 8 anos e durante o seu trajeto é possível observar a a Mata Atlântica. A Trilha do Pai Zé é a única que leva até o pico.

Trilha do Silêncio – Tem 828 metros de percurso e duração de 30 minutos. Indicada para todas as idades, esta trilha é adaptada para visitantes com deficiência física ou mobilidade reduzida e leva esse nome porque sua densa vegetação abafa grande parte do barulho vindo das rodovias que cercam o Parque.

Trilha do Lago – Tem 1 quilômetro de percurso e duração de 20 minutos. Indicada para crianças de 8 a 11 anos e adultos, ela forma um circuito de paralelepípedos ao redor do lago, onde se localizam áreas de descanso e área de ginástica.

Trilha da Bica – Tem 1500 metros de percurso e duração de 45 minutos. Indicada para maiores de 8 anos, esta trilha leva o visitante até uma bica d’água. A trilha teve seu percurso original modificado devido à necessidade de recuperação de trechos com processos erosivos.

No vídeo abaixo, mostro como foi a minha visita ao Pico do Jaraguá: