Se tem uma cidade do interior de SP capaz de impressionar até os maiores viajantes, essa cidade é Lavrinhas. Localizada no Vale do Paraíba, a cerca de 3h30 da Capital, o pequeno município possui cachoeiras e poços com água cristalina. Esse paraíso é rodeado pelas belas formações da Serra Fina, com os picos mais altos do estado de São Paulo.

O São Paulo Interior (do Instagram @saopaulointerior) esteve na cidade e visitou cenários incríveis, como o Poço Azul e a Cachoeira da Pedreira.

Poço Azul em Lavrinhas

Para chegar até o Poço Azul, você percorre uma trilha de nível intermediário, de cerca de 50 minutos de caminhada. O acesso é feito pelo bairro Capela do Jacu. Atualmente, é cobrada uma taxa de entrada no valor de R$ 35. Quando fomos, resolvemos ir com guia e, para isso, chamamos a agência Bemdtrip, que, inclusive, faz vários passeios na região, com experiências diferentes no meio da serra, como trilhas noturnas. O contato da agência é o (12) 98133-5676.

A área do Poço Azul rende lindas fotos, porque a cor da água vai mudando conforme o sol bate nela. Em alguns trechos, é preciso saber nadar, já que é fundo. Quem não sabe, precisa se manter próximo às pedras.

Cachoeira da Pedreira em Lavrinhas

A Cachoeira da Pedreira é um atrativo turístico bastante conhecido na cidade por causa do seu fácil acesso.

Ela fica bem às margens da estrada que dá acesso ao bairro Capela do Jacu e conta com estrutura simples para visitantes. A taxa de entrada é de R$ 10 e a trilha é super rápida e fácil, de cerca de 10 minutos.

Por ser mais fácil o acesso, o movimento de pessoas também é grande. Por esse motivo, sugiro que escolha ir durante a semana ou então logo de manhãzinha. É comum chegar ônibus de excursão lá. Quando isso ocorre, o espaço fica pequeno.

Além do poço principal, tem outros que você consegue encontrar margeando o rio. Essa também pode ser uma opção para fugir da galera.

Balneários para day-use

Em Lavrinhas, você também vai encontrar balneários, onde dá para passar o dia e se refrescar em piscinas com águas naturais. Um deles é o Rancho Carlos Lopes. Em períodos de baixa temporada, eles não cobram taxa de entrada. Quando o movimento aumenta, é cobrado o valor de R$ 15.

Lá tem pesque e pague e quiosques que dão para fazer até churrasco. Você leva a sua carne e usa o espaço! Só as bebidas que precisam ser compradas lá.

Se não quiser fazer churrasco, experimente as porções e refeições que eles oferecem!

Outro balneário é o Rancho do Zé João. No Zé João eles cobram R$ 15 a entrada nos dias de semana e R$ 20 nos fins de semana e feriados. Se você for lá almoçar, entre 12h e 15h, não paga a entrada.

O rancho também possui quiosques, piscinas naturais e poço do próprio rio, que passa nos fundos da propriedade.

Pousada em Lavrinhas

A melhor opção de hospedagem em Lavrinhas para quem busca conforto, espaço para crianças e comida incluída na diária é a Pousada Poço Azul. São 6 suítes em uma área verde que conta com restaurante, piscina externa, piscina aquecida, playground, redário, espaço com animais, pequeno lago para pesca e um minicampo.

A pousada oferece diárias apenas com café da manhã ou então com a opção de todas as refeições incluídas, o que eu considero a opção mais vantajosa, uma vez que você não precisa sair (à noite, principalmente) para comer.

O contato da pousada para reservas é o (12) 99167-0807.

Veja no vídeo abaixo como foi nossa viagem para Lavrinhas: