São Paulo, cidade conhecida por nunca parar, viu nos últimos anos o número de ciclistas crescer. Um dos passos para esse progresso é a maior adesão ao uso de bikes como meio de transporte. A cidade tem hoje 566,5 km de malha cicloviária , sendo três trechos novos e permanentes. 

Pensando no deslocamento consciente, prático, econômico e saudável, a Tembici, empresa líder em tecnologia para micromobilidade na América Latina, separou 5 dicas de trajetos para os ciclistas que precisarem sair de casa, utilizando as ciclofaixas da  cidade.

  1. Pelas ciclofaixas nas Avenidas Liberdade e Paulista, os ciclistas apreciam pontos como a belíssima Igreja Ortodoxa, o Centro Cultural Vergueiro e as ruelas temáticas da Liberdade;
  2. Com a nova ciclofaixa permanente da Avenida Brasil com a Henrique Schaumann, os usuários conseguem ir de Pinheiros até o Parque Ibirapuera pedalando;
  3. É possível chegar ao Centro Empresarial por meio das pedaladas nas ciclofaixas que ligam Avenida Lineu de Paula Machado e Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, das estações Villa Lobos à Berrini;
  4. Quem mora ou trabalha na Vila Mariana, tem à disposição a nova ciclofaixa permanente da Avenida Domingos de Moraes que conecta com Rua Vergueiro e Paulista;
  5. Outra nova ciclofaixa é a da Avenida Rebouças, inclusive, a mais longa e que percorre centros empresariais, estabelecimentos, praças, equipamentos culturais, entre outros, até o centro.