Foto mostra Monte Verde antes da pandemia, no mês de novembro de 2019.

 

O prefeito de Camanducaia (MG), cidade a qual pertence o município de Monte Verde, editou novo decreto e agora o distrito receberá apenas turistas que tenham hospedagem comprovada. Na flexibilização adotada por lá, hotéis e pousadas podem funcionar com 30% da capacidade. Alguns locais decidiram adiar a abertura gradual para junho.

Na semana passada, em acordo com o decreto então em vigor, o prefeito havia liberado a entrada de turistas, mesmo que fossem passar apenas um dia. Bares, restaurantes e lojas poderiam abrir com normas rígidas de segurança e higiene. Com a decretação do feriado prolongado, o prefeito decidiu limitar mais a presença dos turistas, liberando apenas para quem tem hospedagem. Barreiras sanitárias estão sendo montadas para exigir comprovante de reserva em hotéis ou pousadas.

Se forem constatados nas pessoas sintomas característicos de síndromes gripais durante a triagem da barreira sanitária, a pessoa será encaminhada, obrigatoriamente, para uma das unidades de saúde ou hospitais do município.

Acesse aqui o decreto com as novas regras.