O São Paulo Interior (Instagram @saopaulointerior) sabe que muita gente decidiu adiar ou cancelar a tão planejada viagem por causa do Coronavírus. Essas dicas vão para você que não vê a hora disso tudo passar para poder aproveitar os melhores destinos aqui na nossa região. Anota aí 5 lugares para visitar no interior de SP depois da pandemia de Coronavírus.

 

Pedra da Macela, Cunha

Vista da pedra da macela em cunha

A estradinha que dá acesso ao início da subida para a Pedra da Macela não é das melhores, porque possui muitas pedras, mas fique tranquilo porque o carro vai tranquilamente e o trajeto é curto, cerca de 5 km apenas. Em um determinado momento, você precisa deixar o carro e passar por um portão a pé, que é o início da caminhada. A partir daí são cerca de 1h andando. A subida é íngreme, mas pavimentada, sem aquelas armadilhas de trilhas. Chegando no topo, você verá uma antena. A partir daí, pega a trilha à direita e está no cume da pedra! A vista é de tirar o fôlego! Se você tiver sorte e o tempo estiver bom, verá o mar de Paraty. Se o tempo não estiver limpo, o espetáculo também é fabuloso. A imagem que você verá é um mar de nuvens! Saiba mais sobre o passeio a Cunha aqui.

Muita gente acampa lá na pedra, mas o carro, como disse, precisa ficar lá embaixo. Não há pagamento para subir.

Clique aqui para ver o vídeo com a nossa viagem até lá.

Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR)

cachoeiras e trilhas do petar

O PETAR é a maior reserva de mata atlântica do estado de São Paulo e recebe turistas diariamente. Ele fica localizado na região do Vale do Ribeira. no Sul do Estado. Para entrar, é preciso estar de calça, camiseta e usar bastante repelente. O ingresso custa R$ 16. Idosos, crianças menores de 12 anos e professores das redes públicas municipal e estadual não pagam. Estudantes pagam meia.

A visita ao PETAR permite conhecer cavernas, cachoeiras e trilhas preservadas. Como a entrada só é permitida com guias de turismo, é importante contratar um antes da viagem. São várias agências na região, então é fácil encontrar.

Veja aqui o vídeo que gravamos durante a nossa visita.

Alto da Serra, Serra Negra

lugares para ver o por do sol

Quem vai para Serra Negra não pode deixar de subir ao Alto da Serra. Aquele lugar tem um encanto que só estando lá para sentir! Todo fim de semana tem música ao vivo e a vista é incrível. A entrada é gratuita.

Estivemos em Serra Negra e gravamos vídeos para os nossos stories. Veja aqui.

Complexo da Pedra do Baú, São Bento do Sapucaí

passeio na pedra do baú

O Complexo da Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí, é, sem dúvidas um dos mais lindos ambientes naturais do interior de SP. O complexo é formado por três pedras: Bauzinho, Bauzão e Ana Chata e cada passeio tem sua particularidade. O Bauzinho dá para subir de carro e o trecho em trilha é pequeno e mais tranquilo. A taxa de entrada é de R$ 10. O Bauzão só pode ser acessado por escalada, então depende da contratação de agências que operam na região. A Ana Chata é acessada por uma trilha extensa, então é preciso ter disposição. Com exceção do Bauzinho, recomendamos que se contrate profissionais para a subida nas pedras. Tenha certeza que todo o esforço valerá a pena.

Veja aqui o vídeo que gravamos durante a nossa visita a São Bento do Sapucaí.

Cachoeiras de Brotas

cachoeira em brotas

Brotas tem várias cachoeiras para banho, uma mais bonita que a outra. Com exceção do Parque dos Saltos, onde há cachoeira com entrada gratuita para contemplação, as outras ficam em propriedades particulares e, portanto, há cobrança de taxas. Algumas das cachoeiras mais visitadas de Brotas são a Cachoeira do Astor, Cachoeira Cassorova, Cachoeira da Roseira e Cachoeira do Martello. A dica pe fechar day-se nos ecoparques e assim aproveitar a estrutura com restaurantes e banheiros. A foto abaixo foi tirada no Ecoparque Viva Brotas.