As estufas de flores e plantas ornamentais de Holambra vão abrir suas portas ao público nos próximos dias 4 e 5 de abril (sábado e domingo). É o evento “Estufas Abertas”, um roteiro de visitação que te levará numa jornada por entre as flores e plantas ornamentais de Holambra, a turística Cidade das Flores e da Cultura Holandesa.

O evento, criado por  um grupo de seis produtores de flores e plantas ornamentais e pela Faagroh – Faculdade de Agronegócios de Holambra -, permite que o público conheça como é feito o cultivo, a tecnologia empregada e todo o desenvolvimento dos processos com práticas sustentáveis em suas produções.

Quem for visitar as estufas, poderá passear por seis estufas de flores e plantas. Kalanchoês, calandivas, antúrios, asplênios, dracenas, antúrios, ciclames, lírios, samambaias, jiboias e hibiscos são alguns dos cultivos. No passeio também está inclusa visitação à Faagroh – Faculdade de Agronegócios de Holambra.

visita campos de flores holambra

E sabe o que mais? Você mesmo define quanto tempo ficar em cada produção, para apreciar no seu ritmo as flores e plantas que você mais ama. Pode até pausar a visita, almoçar num dos deliciosos restaurantes de Holambra, e depois retomar o passeio entre as plantas.

campos de flores de holambra

O valor dos ingressos para o “Estufas Abertas 2020” está com preço promocional apenas neste mês de janeiro, então tem que correr para garantir o seu. Os ingressos custam entre R$ 20 e R$ 40. As compras são feitas pelo site Ingresso Rápido (clique aqui).

A partir de 1º de fevereiro de 2020, os preços seguem os valores de cada lote (compensa muito a compra antecipada). Estacionamento e transporte para as estufas são gratuitos. O evento tem o apoio da Cooperativa Veiling Holambra.

Os passeios acontecem nos dias 4 e 5 (sábado e domingo, sempre com início às 9h, às 10h e às 11h). Os ingressos são limitados.

VOCÊ FAZ SEU TEMPO DE PASSEIO PELAS ESTUFAS DE FLORES

As saídas serão do estacionamento do Parque da Expoflora (Rodovia SP-107, em frente ao Moinho Povos Unidos), onde o visitante chegará com veículo próprio. A partir daí, sairá rumo à Faagroh e, depois, com sentido às estufas. Um detalhe importante: o visitante poderá ficar quanto tempo quiser em cada produtor. O transporte percorrerá as estufas periodicamente para a continuidade do passeio ou retorno ao local de embarque. “O passeio pode durar o dia inteiro ou apenas duas horas. O visitante é quem determina o tempo das visitas”, explica Margareth Pennings, da organização do evento. Não é permitido o uso de veículo próprio para deslocamento até as estufas.

 

FLORES E PLANTAS VERDES

Além da Faculdade de Agronegócios, as produções visitadas serão a Jan de Wit (lírios), Panorama Flores (ciclames e hibiscos), Giardino di Cosi (plantas verdes e pendentes, como jiboias e samambaias), Joost Kalanchoê (kalanchoês e calandivas), Geraldo Barendse (antúrios), Brumado Flores (plantas verdes com asplênios e heras).