O São Paulo Interior conheceu a cidade de Nazaré Paulista, localizada a cerca de 70 km de São Paulo, e vivenciou um pouco de tudo o que a cidade pode oferecer. Nas serras, há propriedades rurais com venda de cachaças, e nas águas incríveis passeios pela Represa Atibainha, que faz parte do complexo Cantareira.

Para conhecer os atrativos de Nazaré, ficamos hospedados no Sítio e Pousada do Duduka, que fica na estrada entre Nazaré Paulista e Guarulhos, em meio a uma grande área verde. A pousada é familiar, gerenciada pelos próprios donos, e você se sente realmente em casa. O café da manhã é espetacular, com grande variedade de produtos. Aos domingos, eles abrem o café para visitantes, então é possível se deliciar com mais de 50 pratos por apenas R$ 25.

pousada duduka nazaré paulista 3cafe colonial nazaré paulista

As acomodações são simples e com uma linda vista para a serra, em um ambiente realmente interiorano. O diferencial é que os chalés possuem churrasqueira e o hóspede pode usá-la à vontade.

Na área comum, o que chama a atenção, além dos decks com vista para a serra, é a piscina com brinquedos infantis. Isso sem contar a sauna, redário e trilha na mata.

Pousada Duduka Nazaré Paulista 1pousada duduka nazaré paulista 4

Na hora do passeio, contamos com a ajuda do Duduka, proprietário da pousada, que nos levou para fazer um tour pela cidade. A primeira parada foi a conhecida Prainha, uma área de livre acesso, na zona urbana de Nazaré, que permite banho na represa. Quando fomos estava um pouco frio, então não tinha muita gente. Mas no calor, o pessoal desce até a Prainha para se refrescar. O importante é tomar cuidado, não se arriscando em águas profundas.

IMG_4667

Também conhecemos a região central. De vários pontos é possível ver a represa, o que torna o visual bem bonito. A cidade é pacata, sem grande movimento comercial. O turismo gira em torno principalmente da represa e das festas tradicionais, como a Festa do Divino, que acontece sempre no mês de junho, e o Carnaval.

nazaré paulista represa

Nas propriedades rurais, que também conhecemos, acontecem semanalmente festas que reúnem o povo de Nazaré. Como não são festas comerciais, não há tanta divulgação, mas chegando à cidade, basta se informar com algum morador local ou comerciante para saber onde tem festa naquela semana. É nessas propriedades que também há venda de cachaças artesanais. Um dos alambiques que conhecemos é o do Dito Raimundo. Preço da cachaça? R$ 8.

nazaré paulista dito raimundo

Passeio na Represa

Bom, para conhecer a represa há várias opções. Além da Prainha, que é uma área pública, você também pode conhecer as marinas, que são locais onde barcos, lanchas e demais veículos de transporte marítimos ficam estacionados. Nas marinas há estrutura de restaurante, descanso e, em algumas delas, lazer. Na Marina Riviera de Nazaré, que tem acesso pela Rodovia Dom Pedro, fica a Soweiv, uma empresa que faz um passeio de lancha diferenciado pelas águas. A lancha percorre os principais pontos desse que é um dos mais importantes reservatórios do interior de SP. Com a Soweiv você pode agendar seu passeio com tábua de frios e churrasco a bordo! O preço é excelente porque você divide entre os amigos. Na lancha cabem 10 pessoas e o passeio mais completo (churrasco + frios e 6 horas de duração) custa R$ 1.660. De modo que cada um pagaria R$ 166.

represa nazaré paulista soweivrepresa nazaré paulista

O legal é que além de informações sobre a represa, a equipe da Soweiv faz paradas para você nadar ou fazer um passeio de caiaque.

No vídeo abaixo mostramos em detalhes como foi o nosso passeio por Nazaré Paulista: