Dois Córregos, cidade com 26 mil habitantes, localizada na região de Jaú, no centro do estado, quer um lugar ao sol no mundo da literatura. Já considerado um dos principais eventos culturais do interior, o Festival de Poesia de Dois Córregos deste ano, que será realizado de 1 a 7 de abril, traz uma novidade: a inauguração do trajeto “Caminho da Poesia”, especialmente idealizado para marcar os 25 anos do Instituto Usina de Sonhos, criado e mantido pelo empresário e poeta José Eduardo Mendes Camargo. Trata-se de um trajeto traçado entre a Prefeitura de Dois Córregos e a sede do Instituto Usina de Sonhos com 264 azulejos de tamanho 20x20cm, cada um deles com um poema. São versos de poetas de Dois Córregos e também mestres consagrados como Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade, Cora Coralina, Ariano Suassuna, entre outros.

Os azulejos serão colocados nos muros e nas paredes numa altura aproximada de 1,5 metro do chão para facilitar a leitura de quem passa pelo local. Será colocado um azulejo em cada residência ou estabelecimento que estão no trajeto de cerca de 500 metros.

A instalação dos azulejos será no sábado, dia 6, a partir das 8h30, com saída da Prefeitura, acompanhada pela Banda Musical Municipal, e o encerramento será na sede do Instituto Usina de Sonhos. Após a chegada, a programação terá sequência com a presença dos poetas Mailson Furtado Viana, vencedor do Prêmio Jabuti de 2018 com o livro “À Cidade”, Sidnei Maschio, que falará sobre “A Poesia Utilitária”, e Francisco Carlos Pontes, com seus poemas de cordel. Todas as palestras são gratuitas.

Um dia para respirar cultura

As atividades voltadas à poesia começam na sexta-feira, dia 5 de abril, com uma programação extensa durante todo o dia. As atrações começam por volta das 8h30 e seguem até as 16h e fazem parte da 3ª edição do Momento Literário.

Durante esse período, haverá apresentação de teatro no Centro Cultural e contação de histórias no Museu da Gente. Mas será na Praça Arthur de Carvalho que estará concentrada a maior parte das atrações. Ali o público poderá ver exposições, exibição das atividades musicais desenvolvidas no Projeto Guri, declamação de poesias e apresentação da Banda Musical Municipal, entre outras opções.

A programação será encerrada com o lançamento do CD “A Coragem de Ser Poeta”, que contém poemas de José Eduardo Mendes Camargo, presidente do Instituto Usina de Sonhos, musicados por Eduardo Santhana. São dez canções com letras poéticas bem arranjadas que falam de amor, alegria, natureza e, é claro, coragem. O lançamento será às 20h, na sede do Instituto, durante a “Noite do Queijo e Vinho”, evento cuja renda será revertida para a Casa da Criança de Dois Córregos. 

 

Fafá de Belém é atração musical deste ano

A principal atração musical da edição deste ano do Festival de Poesia será a cantora Fafá de Belém. A apresentação será na Praça da Matriz, a partir das 22h, com acesso livre à toda população e admiradores da cantora e compositora paraense.