Quando se fala em turismo no estado de São Paulo, uma das cidades mais lembradas pelos viajantes é Campos do Jordão, localizada na Serra da Mantiqueira. O movimento em Campos é alto não só no inverno, quando o município apresenta baixas temperaturas, mas também no verão, quando a hospedagem é mais em conta. O São Paulo Interior passou um fim de semana na serra para entender o por que da alta procura por essa cidade.

20190217172811_1

Campos do Jordão é um destino para todos e isso vale na escolha dos hotéis, dos parques e dos restaurantes. Há opções para todos os gostos e bolsos, por isso a dica é pesquisar. Há parques de aventuras, mirantes para contemplação, boa gastronomia, passeios diversos  e aquele clima serrano apaixonante.

Nós ficamos hospedados na Pousada Marco Polo, que fica perto do centrinho do bairro Capivari, o mais badalado de Campos. A pousada possui ótimo custo-benefício devido à sua localização privilegiada. O atendimento é fantástico, tudo é muito organizado e o café da manhã é bem servido. Para quem gosta de levar os pets, a pousada é pet friendly.

2019021910131020190119_101720-0120190120_110900

Todas as vezes que fomos ao centrinho, fomos à pé. Você leva entre 5 e 10 minutos de caminhada, o que é ótimo, já que estacionar na área mais movimentada da cidade não é fácil.

20190118_215548

Lá no Capivari há vários restaurantes. Mesmo os mais caros, possuem promoções do dia. Basta você ficar de olho nos anúncios que eles colocam na frente dos estabelecimentos. Pegamos uma dessas promoções no Rostie Restaurant. Pagamos R$ 34,90 por cada prato individual: um de parmegiana e outro de truta, ambos bem servidos.

No almoço, conhecemos o Restaurante Alquimia, que é especializado em comida vegana. Lá o buffet é à vontade no fim de semana pelo valor de R$ 42. Você come de tudo: pratos frios, quentes e sobremesas. Quando fomos, tinha música ao vivo e comidas frescas e deliciosas. É uma ótima experiência gastronômica e, por isso, vale muito a pena conhecer. Durante a semana, eles trabalham com pratos individuais. Cada dia, um cardápio diferente pelo valor de R$ 19,90.

img-20190120-wa0018img-20190120-wa0019

Falando de passeios, em Campos do Jordão há vários. Ali mesmo no Capivari, você tem a opção de subir no teleférico e avistar a linda paisagem do Morro do Elefante. O teleférico custa R$ 17 e só pode subir maiores de 1,40 m ou acima de 12 anos. A subida é ingrime, portanto não recomendamos para quem tem medo de altura. Para quem gosta, é uma ótima oportunidade para ver a cidade lá de cima.

img-20190119-wa0003

20190119_110128

Se não quiser ir ao Morro do Elefante de teleférico, não tem problema. Há um acesso viário que permite você conhecê-lo. A entrada é gratuita.

20190119_110936

Outra opção de passeio é o trenzinho que parte da Estação Emílio Ribas, também no Capivari, e percorre a avenida central. O valor é de R$ 16.

img-20190119-wa0007

Para quem quiser relaxar ou fazer um piquenique com a galera, a dica é o Horto Florestal. Trata-se de uma extensa área verde, remanescente de mata atlântica. Lá existem parquinhos para as crianças, redes, algumas atividades de aventura, aluguel de bikes, viveiro de mudas (inclusive com venda), cachoeira e trilhas. O acesso ao horto é cobrado: R$ 17.

img-20190120-wa0006img-20190120-wa0004

Quem gosta de fotografia não pode deixar de conhecer o Pico do Itapeva, onde agora existe um parque. Lá de cima é possível avistar o Vale do Paraíba e cidades como Pindamonhangaba, Taubaté e Aparecida. Além disso, a lanchonete “castelinho” dá um retoque final na paisagem, assim como a plantação de lavandas. É ou não é um ótimo cenário para lindas fotos? O parque cobra R$ 10 por adulto + R$ 20 por carro.

2019021917005120190219165711

O São Paulo Interior também conheceu o Palácio Boa Vista, que é a residência oficial de inverno do governador do estado. A visita é guiada e gratuita, basta apenas agendar o horário assim que chegar ao local. O palácio é um museu com mais de 4 mil peças, entre mobílias e obras de arte. Ele funciona de quarta a domingo e nos feriados.

img-20190120-wa0015

Outra atração gratuita é a Ducha de Prata, um parque com várias quedas d’água e decks para contemplação. Lá existe opção de esporte radical (pago) e barraquinhas que vendem peças de artesanato.

20190119_125401

 

Aventura

A aventura na Serra da Mantiqueira ficou por conta do parque Tarundu, um dos mais conhecidos da cidade. São mais de 30 atividades de lazer para adultos e crianças. Tem tirolesa, paintball, passeios a cavalo, tiro ao alvo, patinação no gelo, minibuggy, boia cross e o fenomenal orbit ball, uma bola gigante em que você entra dentro e desce de um terreno em desnível.

20190218153938

Tem para todos os públicos, desde os mais radicais até os mais tranquilos. Lá funciona da seguinte forma: o valor da entrada é R$12. Crianças até 10 anos e idosos pagam R$ 7. Para curtir as atividades, há diversos pacotes. Nós fomos com o ilimitado, que é o que mais vale a pena se você tiver um dinheirinho extra para aventuras, já que você brinca quantas vezes quiser em grande parte das atrações. Compensa se você gosta de brincar muito, porque pagando individualmente em várias atrações sairá mais caro. Fica, portanto, a nossa a dica.

20190218154104201902181543492019021815461620190218155714

Confira no vídeo abaixo os stories que gravamos para o instagram do São Paulo Interior na viagem e saiba mais sobre nossas dicas em Campos do Jordão: