Voltamos à cidade de Cunha, no Vale do Paraíba, para mostrar alguns dos muitos atrativos turísticos oferecidos por lá. O principal acesso ao município é feito pela Rodovia Presidente Dutra, na altura da cidade de Guaratinguetá. Da Capital até lá são cerca de 230 km. Em Cunha, tem muita coisa para conhecer: cachoeiras, cerâmicas, mirantes e os famosos campos de lavanda. É o destino certeiro para todos os tipos de viajantes, desde aqueles que preferem a calmaria até os que gostam de aventura e trilhas.

Dessa vez, ficamos hospedados na Pousada Vinícola, uma pousada que oferece café da manhã completo, piscina, chalés confortáveis, tudo em uma grande área verde. O hóspede tem a oportunidade de fazer uma visita à vinícola, que fica lá dentro da pousada e onde são produzidos vinhos artesanais especialmente para os turistas. A degustação é liberada!

201811271136442018112711311020181127104432

A pousada fica próxima ao centro da cidade e na estrada que dá acesso à Cachoeira do Pimenta, uma grande queda d’água com entrada gratuita. Para acessar a cachoeira, é preciso passar por uma estrada de terra, de qualidade regular. Não tem erro! Há sinalização e o GPS é certeiro! Existe uma lanchonete no local, mas quando fomos ela estava fechada. As quedas são lindas! Lá da estrada já é possível vê-la.

20181127121911-01

Não entramos na água porque as correntezas são fortes. Mas o visual por si só já vale muito a pena a visita.

No Centro de Cunha, visitamos lojas de cerâmicas que dão fama à cidade, e fizemos um tour pela praça central, onde existe a igreja matriz e várias lojinhas com venda de produtos artesanais.

20181027_172557

20181126172156-01

Os mais famosos pontos turísticos da cidade estão na Estrada Cunha-Paraty, que é pavimentada e permite um tráfego tranquilo. Lá fica, por exemplo, o maravilhoso Contemplário, um campo de lavandas com entrada gratuita. O Lavandário é outro campo de lavandas famoso na cidade. A diferença é que ele é pago, enquanto que no Contemplário a entrada é de graça.

Além das flores, é possível comprar produtos feitos à base de lavanda, alecrim, capim limão e outras essências.

20181127141220

IMG-20181030-WA0032-01 (1)

Mais à frente do Contemplário, sentido Paraty, está o acesso à Pedra da Macela. A estradinha que dá acesso ao início da subida não é das melhores, porque possui muitas pedras, mas fique tranquilo porque o carro vai tranquilamente e o trajeto é curto, cerca de 5 km apenas. Em um determinado momento, você precisa deixar o carro e passar por um portão a pé, que é o início da caminhada. A partir daí são cerca de 1h andando. A subida é íngreme, mas pavimentada, sem aquelas armadilhas de trilhas. Chegando no topo, você verá uma antena. A partir daí, pega a trilha à direita e está no cume da pedra! A vista é de tirar o fôlego! Se você tiver sorte e o tempo estiver bom, verá o mar de Paraty. Se o tempo não estiver limpo, o espetáculo também é fabuloso. A imagem que você verá é um mar de nuvens!

 

Muita gente acampa lá na pedra, mas o carro, como disse, precisa ficar lá embaixo. Não há pagamento para subir.

IMG-20181030-WA0000

20181126115630

Na estrada da Pedra da Macela, na volta do nosso passeio, também conhecemos a cervejaria Wolkenburg, que fica em uma propriedade rodeada de muito verde. Todas as cervejas (de 600 ml) custam R$ 20. Antes de comprá-la, eles explicam como é a produção dessa bebida, que também é feita artesanalmente.

20181027_132802 (1)

ONDE COMER EM CUNHA

A cidade, além de inúmeras atrações turísticas, conta com uma culinária de dar água na boca. Aqui listamos 4 lugares que devem ser visitados quando vocês forem para lá!

O Restaurante do Gnomo é um restaurante de comida regional criativa, que possui um atendimento extraordinário. Logo na entrada você é recebido pelo Gnomo, que te mostra a cozinha e os produtos oferecidos. Tem cerveja artesanal, refrigerante sem conservantes e a melhor truta da vida! Esse prato que comemos no almoço é a Truta à moda do Gnomo! É de comer rezando! Eles também oferecem cordeiro, entre outras delícias. O Restaurante do Gnomo fica na Estrada Municipal do RIbeirao, 2300.

20181028_153908 (1)

Outro lugar que adoramos, inclusive é a segunda vez que vamos lá, é o Restaurante Rancho 27. A especialidade deles é carne. Os melhores cortes e com aquela suculência obtida pela técnica do chef! Você escolhe a carne e o buffet é a vontade, com comida no fogão à lenha e salada orgânica, com produtos plantados ali mesmo na propriedade. Vale muito a pena! O atendimento é ótimo e a comida é maravilhosa também. Lá na propriedade existe uma capelinha e uma ampla área verde. O Restaurante Rancho 27 fica na Rodovia Paulo Virgínio, Km 27.

20181027_151738

A sobremesa nós comemos no Gelataio Cafeé, um espaço que vende de tudo um pouco: café, sorvetes artesanais, cervejas, etc. Tomamos uma banana split bem caprichada! Ele fica no Centro, próximo à Matriz, na Rua José Maria Amato, 10. O ambiente é lindo e os sorvetes são deliciosos.

20181027_164345

Pertinho do Gelataio Caffé fica a Doceria da Cidinha, na Rua João Manoel Rodrigues, 125. São 38 anos de história com os doces que ficaram famosos no estado, com destaque em revistas e jornais. Vale muito a pena passar por lá e experimentar a coxinha de brigadeiro e levar para a casa as compotas.

20181028_170431

O fato é que Cunha é uma cidade maravilhosa e ainda tem coisa que queríamos mostrar e não conseguimos! Ficará para uma próxima! Agora é a sua vez! Descubra Cunha!

Veja aqui os vídeos que gravamos para o nosso Instagram lá: