Duas propostas que estão em tramitação no Congresso Nacional devem decidir qual cidade será considerada a Capital Nacional do Morango. A disputa está entre Atibaia, localizada aqui no interior paulista, e Bom Repouso, em Minas Gerais. Os dois municípios se destacam como produtores do fruto. A favor de Atibaia está o pioneirismo na adoção de técnicas de produção sustentável, que começou em 1950. Já Bom Repouso tem a maior área cultivada do País.

A cidade que vencer a votação em Brasília poderá usar o título em documentos, mensagens e propagandas oficiais. Com mais divulgação, a expectativa é o aumento do consumo e dos investimentos que impulsionam a geração de empregos.

Além de Atibaia, outras cidades do interior aguardam votações que podem projetá-las em determinado ramo. Santa Isabel, por exemplo, por ser a terra natal de Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica, pode se tornar oficialmente a Capital Nacional das Histórias em Quadrinhos, e Marília pode ganhar de uma vez por todas o título de Capital Nacional do Alimento.

Projetos também declaram Cunha como a Capital Nacional da Cerâmica de Alta Temperatura e Jaú como a Capital Nacional da Prevenção do Câncer.