O São Paulo Interior organizou uma lista com as principais cidades onde há folias de Carnaval. Todas elas são bastante conhecidas por levar milhares de turistas e fomentar a economia dos municípios. Em Ibirá, por exemplo, o Carnaval é muito bem organizado e a arrecadação nos cinco dias de folia é equivalente à receita anual do município.
 
Em São Luiz do Paraitinga, o movimento é tão grande que a Prefeitura vai cobrar uma taxa ambiental dos carros que entrarem na cidade. Não é por menos: turistas do Vale do Paraíba e de outras regiões lotam a pequena cidade de cerca de 12 mil habitantes. Este ano promete, porque os foliões estão com saudades da festa com as tradicionais marchinhas. Lembrando que no ano passado, o Carnaval foi cancelado devido à crise financeira.
 
 
 
Votuporanga se orgulha por ter um dos maiores carnavais de rua do interior. A estrutura por lá é gigantesca. O Oba Festival leva shows com artistas consagrados e só neste ano pretende gastar R$ 4,5 milhões apenas com a grade de shows. O Carnaval de Votuporanga é tão famoso que chegam à cidade ônibus e voos fretados saindo até do Rio de Janeiro!
 
 
 
Ilha Solteira também ostenta um título: um dos maiores carnavais universitários do País. No ano passado, o Carnailha levou cerca de 19 mil foliões para as praias de água doce de Ilha Solteira. Um estudo da Prefeitura indicou que o Carnaval é o que mantém os turistas por mais tempo na cidade. A folia acontece na Praia Catarina, às margens do Rio Paraná.
 
Foto do site oficial de Turismo de Ilha Solteira
 
Outra cidade bem badalada neste Carnaval é Taquaritinga. Lá a festa acontece nas repúblicas. Desde o mês passado, elas já estão se preparando para receber turistas do estado inteiro. Algumas das casas acabam se tornando verdadeiras boates com muita música e Djs até a madrugada.
 
Em Campinas, maior cidade do interior paulista, haverá desfile de 30 blocos, distribuídos em vários pontos do município, como nos distritos de Barão Geraldo, Sousas e Joaquim Egídio. E tem bloco para todas as tribos, até para os animais, com o tradicional Bloco do Bob.
 
Bauru também tem festa. Lá os desfiles das escolas e blocos acontecem no Sambódromo Municipal. No total, sete escolas e 10 blocos se inscreveram para o evento.
 
Foto: Ricardo Ursulino / Pref. Municipal de Bauru
 
Onde também tem escola de samba desfilando é em São José do Rio Preto e em Taubaté. Os blocos, é claro, também saem nos bairros.
 
Em Vinhedo, os blocos de Carnaval acontecem na região central da cidade e reúnem uma multidão que parte de São Paulo, Jundiaí e da Região de Campinas.
 
Ribeirão Preto terá o Bloco das Bonecas e Bonecos com entrada gratuita. No dia do evento (domingo) serão arrecadados alimentos para doar ao Hospital de Câncer de Ribeirão Preto. O bloco não tem apoio da Prefeitura e, por isso, eles vivem de doações para se organizar. Outras opções são o CarnaHouse 2018 e o Bloco Califórnia.
 
 
Natureza
 
Quem quer pular Carnaval contemplando a natureza, algumas das opções são Brotas, Socorro, Caconde e São Bento do Sapucaí.
 
Em Brotas, há os bailes de salão e blocos de rua. Muitos hotéis e pousadas já estão preparados para a grande demanda dessa época do ano. O Carnaval também movimenta os parques de aventura, afinal todo mundo quer se refrescar depois em uma cachoeira, não é?
 
Socorro, já acostumada com muitos turistas, montou até mesmo o Bloco do Turista.  Muitos hotéis e pousadas fornecem o abadá para quem fecha com eles as diárias.
 
Foto: Pref. Municipal de Socorro
 
As festas nas ruas de Caconde levam muita gente para pular Carnaval. É comum encontrar muita gente do Sul de Minas Gerais e de outras regiões do estado de São Paulo.  
 
São Bento do Sapucaí é o desfile nas montanhas! Blocos arrastam multidões nas estreitas ruas da cidade da Serra da Mantiqueira.
 
 
200 anos
 
Em Santa Bárbara d’Oeste, o Carnaval deste ano vai comemorar os 200 anos do município. A programação foi batizada de S. Bárbara Carnaval DuzEnta e será realizada na praça central da cidade.  O evento vai recordar o tradicional Carnaval de rua com blocos e carros alegóricos.
 

 

Quer saber mais sobre o interior? Siga-nos no Instagram e curta a nossa página no Facebook!