Quando se fala em frio e Serra da Mantiqueira, o primeiro destino que vem à cabeça é Campos do Jordão, com seus charmosos restaurantes e pontos turísticos disputadíssimos. A cidade é linda e merece ser visitada, mas o que poucos sabem é que ali na região de Campos, outras cidades oferecem estrutura para receber turistas do Brasil inteiro. E nós, aqui do interior do estado, temos o privilégio de poder desfrutar dessas belezas sem gastar muito. Um exemplo é a bela São Bento do Sapucaí, já visitada pelo São Paulo Interior.
 
São Bento fica ao lado de Campos do Jordão e, assim como a cidade vizinha, possui muitas áreas verdes e pontos turísticos. O principal deles é o Complexo da Pedra do Baú, formado pelo Bauzão, Baúzinho e Ana Chata. 
 
 
Quando o São Paulo Interior esteve lá, visitamos o Baúzinho. O acesso é simples, feito por um bom percurso de estrada pavimentada e depois por um trecho de terra. Para entrar no complexo, é preciso pagar uma taxa de R$ 10, que lhe dá o direito do estacionamento no local. Para ir até a Pedra, é preciso seguir a pé por uma estradinha que te oferece um lindo mirante. Essa é a hora de tirar a máquina ou o celular e clicar!
 
 
 
Depois do mirante, segue a caminhada até a Pedra.
 
 
A vista é simplesmente incrível! E o legal é que dá para ir com criança. A Maria Letícia (minha filha companheira) tem apenas 8 anos e seguiu com a gente até lá.
 




 
 
Além do Complexo da Pedra do Baú, o São Paulo Interior visitou uma das cachoeiras de São Bento do Sapucaí, a Cachoeira dos Amores. O acesso também é bem tranquilo.
 
 
 
Se você está no centro da cidade e segue sentido Pedra do Baú, passará na frente da Cachoeira dos Amores e também da Cachoeira do Toldi. Nessa última, nós não fomos por falta de tempo.
 
Outro lugar visitado pelo São Paulo Interior fica do outro lado da cidade e é conhecido como Belvedere Serrano. Existe um deck de onde é possível ter uma bela vista do município. 
 
 
 


 
Perto do Belvedere Serrano fica a Hospedaria Vida na Roça, onde fomos tomar um café caipira. A hospedaria tem diferentes opções de acomodações e a ideia é fazer você se sentir na roça. Café passado no coador, leite direto da vaca, mel silvestre, pães, bolos. Uma delícia! É possível tomar café no local sem precisar estar hospedado!
 
 
Em São Bento do Sapucaí, também visitamos a Capelinha de Mosaico, uma obra de arte que atrai os olhares de quem passa. No nosso Instagram, inclusive, postamos a foto de um seguidor, mostrando essa beleza (veja aqui).
 
A cidade também possui diversos ateliês de artesanato. Visitamos os que ficam na Estrada do Quilombo. Observamos muitos produtos feitos com garrafa, como esse que minha esposa comprou.
 
 
 
Na hora do almoço, observamos que a grande maioria dos restaurantes da cidade oferece comida típica mineira e os preços são bem acessíveis, com preço fixo para comer à vontade.
 
Na hora de ir embora, a sensação que fica é a de quero mais. Quero mais natureza, quero mais Pedra do Baú, quero mais esse clima de roça!
 


Nas suas próximas viagens, coloque São Bento do Sapucaí. Você não vai se arrepender!